Arquivo

Archive for the ‘Óxidos’ Category

Óxidos

12 de outubro de 2008 2 comentários

Quarta parte das postagens relacionadas com as Funções Inorgânicas, neste momento iremos tratar sobre os óxidos. 
Os óxidos são compostos binários em que o oxigênio, obrigatoriamente, deve estar presente como elemento mais eletronegativo. Devemos estar atentos pois não temos óxidos ligados ao flúor, pois este é mais eletronegativo que o oxigênio. Alguns óxidos comuns no nosso cotidiano são destacados a seguir:

  • Óxido de cálcio (CaO) É um dos óxidos de maior aplicação e não é encontrado na natureza. É obtido industrialmente por pirólise de calcário. Usado na preparação da argamassa usada no assentamento de tijolos e revestimento das paredes. Na agricultura, é usado para diminuir a acidez do solo.
  • Dióxido de carbono (CO2É um gás incolor, inodoro, mais denso que o ar. Não é combustível e nem comburente, por isso, é usado como extintor de incêndio. O CO2 não é tóxico, por isso não é poluente. O ar contendo maior teor em CO2 que o normal (0,03%) é impróprio à respiração, porque contém menor teor em O2 que o normal. O CO2 é o gás usado nos refrigerantes e nas águas minerais gaseificadas. Aqui ocorre a reação: CO2 + H2« H2CO3 (ácido carbônico); O CO2 sólido, conhecido por gelo seco, é usado para produzir baixas temperaturas. Atualmente, o teor em CO2 na atmosfera tem aumentado e esse fato é o principal responsável pelo chamado efeito estufa.
  • Monóxido de carbono (CO) É um gás incolor extremamente tóxico. É um seríssimo poluente do ar atmosférico. Forma-se na queima incompleta de combustíveis como álcool (etanol), gasolina, óleo, diesel, etc. A quantidade de CO lançada na atmosfera pelo escapamento dos automóveis, caminhões, ônibus, etc. cresce na seguinte ordem em relação ao combustível usado: álcool
  • Dióxido de enxofre (SO2É um gás incolor, tóxico, de cheiro forte e irritante. Forma-se na queima do enxofre e dos compostos do enxofre:       S + O2 (ar) –> SO2; O SO2 é um sério poluente atmosférico. É o principal poluente do ar das regiões onde há fábricas de H2SO4. Uma das fases da fabricação desse ácido consiste na queima do enxofre. A gasolina, óleo diesel e outros combustíveis derivados do petróleo contêm compostos do enxofre. Na queima desses combustíveis, forma-se o SO2 que é lançado na atmosfera. O óleo diesel contém maior teor de enxofre do que a gasolina e, por isso, o impacto ambiental causado pelo uso do óleo diesel, como combustível, é maior do que o da gasolina. O álcool (etanol) não contém composto de enxofre e, por isso, na sua queima não é liberado o SO2. Esta é mais uma vantagem do álcool em relação à gasolina em termos de poluição atmosférica. O SO2 lançado na atmosfera se transforma em SO3 que se dissolve na água de chuva constituindo a chuva ácida, causando um sério impacto ambiental e destruindo a vegetação:    S + O2(ar) –> SO2       /      2SO2 + O2 (ar) –> 2SO3   /   SO3 + H2O –> H2SO4
  • Dióxido de nitrogênio (NO2) É um gás de cor castanho-avermelhada, de cheiro forte e irritante, muito tóxico. Nos motores de explosão dos automóveis, caminhões, etc., devido à temperatura muito elevada, o nitrogênio e oxigênio do ar se combinam resultando em óxidos do nitrogênio, particularmente NO2, que poluem a atmosfera. O NO2 liberado dos escapamentos reage com o O2 do ar produzindo O3, que é outro sério poluente atmosférico:  NO2 + O2 –> NO +    O3 .  Os automóveis modernos têm dispositivos especiais que transformam os óxidos do nitrogênio e o CO em N2 e CO2 (não poluentes). Os óxidos do nitrogênio da atmosfera dissolvem-se na água dando ácido nítrico, originando assim a chuva ácida, que também causa sério impacto ambiental.  

Contribuindo com estas postagens, o blog Bruno’s Chemistry disponibilza slides com conteúdos envolvendo as Funções Inorgânicas (Ver “Tópicos de Química“), que podem ser baixadas e utilizadas como um complemento as aulas onde a temática seja as Funções Inorgânicas (Ácidos, Bases, Sais e Óxidos).

É a química sendo expandida…


Bruno Leite (lattes)