Arquivo

Archive for the ‘Bases’ Category

Bases

12 de outubro de 2008 1 comentário
Continuando as funções inorgânicas, vimos que os ácidos são substâncias azedas e que tem diversas aplicações no nosso dia-a-dia. Nesta nova postagem vamos comentar um pouco sobre as Bases.

O que seria uma base?

Segundo Arrhenius , uma base  é qualquer substância que libera exclusivamente o ânion OH (íons hidroxila) em solução aquosa. Soluções com estas propriedades dizem-se básicas ou alcalinas. As bases possuem baixas concentrações de ions H+ sendo considerado base as soluções que têm pH acima de 7. Possuem sabor adstringente e são empregadas como produtos de limpeza, medicamentos (antiácidos) entre outros. Muitas bases, como o hidróxido de magnésio (popularmente conhecido como leite de magnésia) são fracas e não trazem danos. Outras como o hidróxido de sódio (soda cáustica) são corrosivas e sua manipulação deve ser feita com cuidado. 
Outras definições são dadas por Bronsted-Lowry (base é um aceitador de prótons) e posteriormente com Lewis (base qualquer substância que doa pares de elétrons não ligantes, numa reação química).
Alguns exemplos de bases:

  • Hidróxido de sódio ou soda cáustica (NaOH) É a base mais importante da indústria e do laboratório. É fabricado e consumido em grandes quantidades. É usado na fabricação do sabão e glicerina. É usado na fabricação de sais de sódio em geral. Exemplo: salitre (NaNO3). É usado em inúmeros processos industriais na petroquímica e na fabricação de papel, celulose, corantes, etc. É usado na limpeza doméstica. É muito corrosivo e exige muito cuidado ao ser manuseado. É fabricado por eletrólise de solução aquosa de sal de cozinha. Na eletrólise, além do NaOH, obtêm-se o H2 e o Cl2, que têm grandes aplicações industriais.
  • Hidróxido de cálcio (Ca(OH)2É conhecido como cal hidratada, cal extinta ou cal apagada. É obtida pela reação da cal viva ou cal virgem com a água. É o que fazem os pedreiros ao preparar a argamassa. É consumido em grandes quantidades nas pinturas a cal (caiação) e no preparo da argamassa usada na alvenaria.
  • Amônia (NH3) e hidróxido de amônio (NH4OH) Hidróxido de amônio é a solução aquosa do gás amônia. Esta solução é também chamada de amoníaco. A amônia é um gás incolor de cheiro forte e muito irritante. A amônia é fabricada em enormes quantidades na indústria. Sua principal aplicação é a fabricação de ácido nítrico. É também usada na fabricação de sais de amônio, muito usados como fertilizantes na agricultura. Exemplos: NH4NO3, (NH4)2SO4, (NH4)3PO4. A amônia é usada na fabricação de produtos de limpeza doméstica, como Ajax, Fúria, etc.
  • Hidróxido de magnésio (Mg(OH)2É pouco solúvel na água. A suspensão aquosa de Mg(OH)2 é o leite de magnésia, usado como antiácido estomacal. O Mg(OH)2 neutraliza o excesso de HCl no suco gástrico.
  • Hidróxido de alumínio (Al(OH)3É muito usado em medicamentos antiácidos estomacais, como Maalox, Pepsamar, etc.
Os antiácidos são bases simples que neutralizam ácidos (uma reação entre um ácido e uma base é conhecida como uma reação de neutralização). E sobre essa reação entre ácidos e bases trataremos na próxima postagem…

É a química sendo expandida…

Bruno Leite (lattes)