Inicial > Ecossistema, Gestão Ambiental, Mangue > Avaliação do ecossistema manguezal em frente ao Hotel Canariu’s da praia de Enseada dos Corais

Avaliação do ecossistema manguezal em frente ao Hotel Canariu’s da praia de Enseada dos Corais

Nesta nova postagem destacamos o trabalho de Élida Rafisa, estudante de Gestão Ambiental do CEFET/PE, que trouxe-nos uma avaliação do ecossistema manguezal. Este trabalho foi apresentado em um seminário do curso de Gestão Ambiental. Nele a química é vista numa perspectiva mais ecológica,  direcionada para a preservação de nosso ecossistema (Mangue). Abaixo temos um resumo do que foi apresentado.

 

Este trabalho teve como objetivo, dentro de uma avaliação primaria descrever a situação atual da região do manguezal em frente ao hotel Canariu’s da praia de Enseada dos Corais no Cabo de Santo Agostinho/PE..

 Um pouco sobre mangue:

  • Ecossistema costeiro, de transição entre os ambientes terrestre e marinho, característico de regiões tropicais e subtropicais.
  • Solo úmido, salgado, pouco oxigenado e muito rico em nutrientes por possuir grande quantidade de matéria orgânica em decomposição.
  • Predominância de vegetais halófilos, as longas raízes permitem a sustentação das árvores no solo lodoso.
  • Neste ecossistema se alimentam e reproduzem mamíferos, aves, peixes, moluscos e crustáceos


Foram coletados dados sobre a vegetação da região, assim identificou-se a predominâcia de duas especies Avicennia schaueriana  e Laguncularia racemosa ,sendo o mangue branco e o preto respectivamente. O mangue la localizado é um dos habitats raros que ocorrem em franjas de praias, no caso protegido e encravado em uma área de recifes de arenito localizado a beira mar. Ele tem uma pequena influência do riacho Arrombados também distribuídos numa região de praia de 2,42 hectares

 

Toda avaliação da vegetação foi baseada numa já feita pelo Prof. Zanon (2002) onde ele se utiliza do Guia para estudo de áreas de manguezal (Schaeffer-Novelli, Citróm, 1986).

A avaliação do ecossistema manguezal, baseada numa coleta de dados primaria, pode observar que havia:

  • Saídas de esgotos voltadas para o rio e  mar
  • Ratos
  • Peixes mortos
  • Cachorros dentre outros animais se banhando
  • Lixo deixado pelos banhistas na praia

A imagem superior à esquerda refere-se a parcela de mangue em frente ao hotel, já a superior à direita mostra o Riacho Arrombados. A imagem inferior à esquerda foi a área estudo, destacando a praia de Enseada dos Corais, e no círculo o hotel Canariu’s. A imagem inferior à direita mostra a saída de esgoto voltada para o riacho Arrombados.



Mesmo que seja inserido um turismo ecológico voltado para o mangue, não seria a melhor atitude a ser tomada, já que a própria população não tem noção da riqueza encontrada neste ecossistema que tanto os servem (aos animais estuarinos) de alimentos como de refugio para a reprodução. O hotel abrange o ecoturismo, que por sua vez, não e voltado para a preservação desta área estuarina.

Com este projeto que se inicia, visamos uma melhora que chega ate a afetar os banhistas com os ataques de tubarões, e é com a educação ambiental (o nosso respaldo) que vamos não solucionar o problema, mas sim amenizar suas causas.


Para mais informações clique aqui e veja o slide da apresentação realizado por Élida Rafisa.

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: