Inicial > Química, WebQuest > Analisando a estratégia WebQuest: O caso da WebQuest “Remédio Amargo"

Analisando a estratégia WebQuest: O caso da WebQuest “Remédio Amargo"

Iniciando o ano, muitas são as nossas espectativas, destacamos a monografia de Íris Gabrielle que traz uma análise da WebQuest. A seguir temos um breve resumo de sua apresentação que teve a merecida nota 10,0.

O trabalho apresenta uma pesquisa realizada em uma ONG que dá suporte a duas escolas da rede pública da cidade de Olinda, com alunos da 1ª Série do Ensino Médio. Tendo como objetivo da pesquisa analisar e avaliar ferramentas embasadas na Internet que busquem a construção do conhecimento por parte dos alunos, contextualizando os conteúdos, no ensino de Química.

Usamos a estratégia WebQuest (WQ), que propõe uma pesquisa direcionada, onde os usuários constroem o conhecimento através dos recursos disponíveis na mesma. Tomando por base uma abordagem qualitativa, por meio de aplicação de questionários, entrevistas e observações, realizamos intervenções duas turmas da 1º série do Ensino médio, analisando a usabilidade e relevância da estratégia para o ensino de Química.

Esta aplicação ocorreu na Casa Padre Melotto, situada no bairro do Bom Sucesso na cidade de Olinda, um programa da Pia Sociedade de Padre Nicola Mazza, com objetivo em desenvolver programas de formação integral para jovens alunos do ensino médio de Escolas Públicas.

Para mais detalhes sobre a análise da WebQuest, clique aqui e veja o slide da apresentação de Íris Gabrielle.

É a química sendo expandida…

Categorias:Química, WebQuest
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: